08 Abril 2013
atualizado em 19 Abril 2013, 03:42
Versão para impressão

A derrota (1-3) do GEA no clássico com o Anápolis não retira o brilho de uma campanha que conduz o nosso clube, de novo, à elite do Goianão em 2014. O GEA perdeu com o Anápolis e deve reconhecer o seguinte: a tarde não foi das melhores, mas em momento algum o grupo deixou de ser digno e ambicioso na procura de um resultado positivo.

No Jonas Duarte, o GEA alinhou assim: Walber, Jailson (Irlan), Icaro, Jaime, Elízio, André, Wallace, Christian, Jorginho (Tindurim), Américo (Welthon) e Nei. Christian, na transformação de um pénalti, marcou o golo do GEA.